8 de mai de 2013

ESCAPISMO


FUGA DA REALIDADE
 
As pessoas tem tendencias a fugir da realidade com o intuinto de fugir da dor e do sofrimento, seja física ou mental, isso é normal, pois quem é que gosta de coisas desagradáveis. Porém, a pessoa normal aceita os desconfortos tanto físico quanto psíquicos, como parte da vida, isto é, a pessoa normal encara a realidade da vida com sabedoria e coragem.
Por outro lado, muitos dos sofrimentos em sua maior parte tem origem psicologica, isto é, emocional. O escapista é considerado um imaturo quanto ao sexo, amor e casamento. E não faz esforço para crescer e progredir.
Segundo alguns estudiosos no assunto afirmam que: Os pais que criam seus filhos medrosos e dependentes, pode essa criança no futuro vir a ser um adulto emocionamente fraco e incapaz de suportar as frustações da vida.
Pessoas assim procuram muitas das vezes fugir da realidade  refugindo-se nos vícios e, em caso extermos no suicidio.
No entanto, existe um escapismo considerado pelos estudiosos como normal e necessário para saúde e para a felicidade, já todos necessitam de um descanso mental, por exemplo as férias ela proporciona uma fuga temporaria da realidade diária.
Devemos lembrar que os problemas do dia a dia nunca poderão ser resolvidos se fugimos dele.
Devemos parar de viver no mundo dos sonhs e fantasias.
Lembre-se que as coisas de grandes valores são as mais dificeis de se alcançarem.
Não deixar para amanhã o que pode ser feito hoje.
Mantenha sempre pensamentos positivos e bons hábitos.
“Ajudar os outros é também ajudar-se a si mesmo.”(FINKLER,Pedro. Corpo são e Mente sã;São Paulo Ediçoes Paulinas,1987,p.244).

Um estilo de vida ativo e engajado parece muito mais propício para trazer a felicidade do que a existência passiva. 

Os temores que nos paralisam não podem ser vencidos apenas pelo pensamento. Seja senhor de sua própria vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário