28 de out de 2013

A confiança

Ao falar da confiança passo a citar uma passagem tirada do livro: Os segredos da mente milionária, que resume muito bem o significado de ter confiança.

Por que a criança quando pequena não sente medo ao ser jogada para o alto por seu pai? Por que o personagem bíblico Jó, mesmo passando por grandes privações nunca duvidou da ação de Deus em sua vida? 
Vejamos o que diz Harv:  
  
"Um homem estava caminhando à beira de um penhasco quando, de repente, perde o equilíbrio, escorrega e cai. Felizmente, ele tem a presença de espírito de se agarrar a uma saliência do penhasco e ficar pendurado ali de forma desesperadora. Depois de passar algum tempo nessa situação, começa a gritar por socorro:
-Há alguém ai em cima que possa me ajudar?
Não houve nada. Ele continua gritando:
-Há alguém ai em cima que possa me ajudar?
Até que uma voz estrondosa responde:
- Sou Eu, Deus Posso ajudá-lo. Solte-se e confie em Mim.
O que ouviu em seguida foi:
-Há mais alguém aí em cima que possa me ajudar?
A lição é simples. Se você quer passar para um nível de vida mais elevado, tem que estar disposto a abrir mão de alguns dos seus velhos modos de ser e pensar e adotar novas opções. No final, os resultados falarão por si mesmos."(Eker, T. Harv- Os segredos da mente milionária).

Nos dias de hoje em quem devemos confiar? A Bíblia no livro do profeta Jeremias chama atenção para aqueles que depositam toda sua confiança nos homens. Vejamos o que diz Jeremias cap.17,5: "Maldito o homem que confia em outro homem."
E por que a criança pequena deposita toda confiança em seu pai? Pelo simples fato de que seu pai lhe transmite confiança e segurança, ele pode ainda não ter nação do perigo, mas pode senti que jamais seu pai vai deixar cair. Por outro lado, a figura do pai representa a figura de Deus, que já mais abondona seus filhos. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário